14.7.05

Depilação a laser

Princípios básicos da depilação a laser
1. O laser emite um feixe de luz que rapidamente neutraliza o pigmento (melanina) que se encontra na raiz do pêlo.

2. Todas as regiões do corpo podem ser submetidas à depilação à laser. O método atinge melhores resultados em pessoas de pele clara e pêlos escuros; os pelos claros têm menos melanina, o que dificulta sua remoção.

3. O tratamento geralmente é dividido entre 4 a 6 sessões. Em cada sessão, são extraídos cerca de 25% dos pêlos da região escolhida.

4. Antes de iniciar o tratamento, o paciente deve se submeter a uma consulta médica (dermatologista), para certificar-se de que não apresenta nenhuma doença dermatológica, que possa ser prejudicada com o laser.

5. A depilação a laser, costuma remover cerca de 70% dos pêlos da região escolhida. O tratamento costuma surtir efeitos prolongados (2 a 5 anos) ou até definitivos, dependendo de uma série de fatores. Os pêlos voltam a crescer mais finos, fracos e em pequena quantidade.

6. O tratamento não é indicado para gestantes e pessoas com problemas dermatológicos.


Como Funciona o Laser para Depilação
O pêlo é gerado por uma estrutura chamada folículo piloso.
Os pêlos tem a capacidade de crescer até certo ponto e podem cair e ser eliminado espontaneamente. Quando um pelo é eliminado espontaneamente, um novo pelo é gerado pelo próprio folículo piloso. É por esse motivo que quando ocorre a depilação por qualquer um dos sistemas convencionais , os pêlos crescem novamente, em quantidade, espessura e cor, iguais ou até aumentadas. Este ciclo de crescimento do pêlo tem 3 fases, chamadas fases de crescimento.

As Fases de Crescimento do pêlo são a Anágena ( crescimento) , a Catágena ( intermediária) e a Telógena ( repouso) . Os pêlos de uma determinada região estão em diversas fases de crescimento. Na fase Anágena, os pelos estão muito próximos da parede do folículo piloso, que é mais estreito. Nas outras fases os pelos estão mais separados da parede do folículo.

Os pêlos só são eliminados na fase Anágena, quando existe uma maior concentração de Melanina e contato com as estruturas do folículo piloso o que permitem a sua destruição.

Por esse motivo são necessárias várias aplicações em intervalos distintos para cada região. À cada aplicação uma parte dos pêlos e da capacidade de produção de novos pelos é eliminada. Nas sessões subsequentes, é conseguido um resultado cada vez melhor.

O uso do LASER para depilação vem sendo estudado pela medicina há poucos anos. O princípio da ação do LASER é a Fototermólise Seletiva, que significa que algumas estruturas do corpo captam mais calor e energia do que outros quando submetidas a exposição da luz. No caso da depilação, a Melanina presente no pêlo, recebe a maior parte da energia enquanto a pele recebe menos. A Melanina é uma substância escura, e por isso capta a luz. O pêlo e sua base possuem grandes quantidades de melanina, a captação da energia através do pêlo é transmitida ao folículo piloso, que acaba sendo destruído, e assim eliminando a possibilidade de geração de um novo pêlo.

As estuturas do corpo que possuem cor são chamadas cromóforos. Assim é que a melanina tem a cor preta e é um cromóforo, e a hemoglobina do sange tem a cor vermelha e também é um cromóforo. Existem diversos aparêlhos emissores de luz , capazes de realizar a fototermólise seletiva, cada um com características próprias que o fazer agir sobre um cromóforo. Os que atingem a cor negra, realizam a depilação, e os que atingem a cor vermelha, realizam o tratamento de varizes. Outras características existem. Estas características são baseadas no Tempo de Relaxamento, ou seja, algumas estruturas recuperam melhor do calor e são preservadas, enquanto outras recuperam melhor e são destruídas. Estas características e outras como tempo do pulso, cumprimento da onda e outras complexas propriedades da Física Óptica que permitem a Fototermólise Seletiva, mesmo em peles com cor próxima dos cromóforos, como a pele bronzeada ou negra.

Assim é que existem muitos Lasers e também outros tipos de emissores de energia, chamados de Luz Intensa Pulsada.

Para cada paciente , cada tipo de tratamento e cada tipo de cromóforo um aparêlho é melhor indicado.

10 comentários:

C.L.A.E.G.U. disse...

Olá!Então, gostaria de saber se a depilação a laser é dolorida.Pelo que eu li,, não parece.Mas se você souber a resposta ficarei muito grata!

grixx disse...

A depilação a laser só dói no bolso. hehehe
Pode, no máximo, causar uma pequena irritação na pele.

Anônimo disse...

sim dói um pouco, mas eles aplicam anestesia local, o q dói + é o bolso msm.

twily disse...

a anestesia local doi muito!!! principalmente nos grandes labios... mas depois é tranquilo.

Flávia disse...

Quem falou qeu não doi só pode ser um alienígena... Dói demais, como se fosse uma faca te cortando , e não falo só por mim, tenho cinco amigas e uma irmã qeu fazer...todas dizem a mesma coisa, uma quis inclusive processar a clínica, pois diziam que era sem dor...

Anônimo disse...

Acabei de fazer....não dói quase nada! Fiz com médico especialista, não foi utilizado anestésico algum, o que senti foi umas agulhadas, mas dá pra aguentar. Muito melhor que depilação com cera!

Anônimo disse...

Essa gente...fazem de tudo pra ganhar uma graninha em cima dos outros! Nem dói tanto. Frescas!

Anônimo disse...

depende de onde vc faz neeh.
tem gente q não sente nada, pq fez numa super clinica particular com dermato e tbm depende da area a ser depilada e o tipo de pele.

Anônimo disse...

Depende da pessoa, da área e do aparelho... Tem gente que é mesmo mais sensível a dor, eu e uma amiga fizemos depilação a cera na mesma clínica, durante o procedimento, na mesma área, ela conversava com a depiladora como se nada estivesse acontecendo e eu, me segurando pra não gritar de dor... Quanto às regiões, tem as mais sensíveis, como mamilos, e também tem os aparelhos mais modernos, que doem menos... é isso!

Mary disse...

Olá,

muito interessante, muito obrigada por compartilhar. Eu estou fazendo um blog sobre depilação a laser e sua explicação ajudou.

muito obrigada.