19.2.16

Creme caseiro para área dos olhos

Ingredientes
Óleo de coco
cápsulas de vitamina E

Preparo
Derreta duas colheres de sopa de óleo de coco no micro-ondas. Despeje o conteúdo de 6 cápsulas de vitamina E no óleo de coco derretido e misture. Despeje a mistura em um pote para uso diário.

29.11.15

Leite de magnésia para a pele oleosa

Tenho a pele bem oleosa na região da testa, nariz e queixo. De vez em quando aparecem espinhas.

Pesquisando coisas por aí, dei de cara com vários sites que recomendam o uso do leite de magnésia (hidróxido de magnésio) para controle da oleosidade da pele.

Um frasco de leite de magnésia de 350ml custa cerca de R$ 6,00. O produto é recomendado como laxante ou antiácido, mas desempenha muito bem sua função como primer e matificante.

Para usá-lo, você pode aplicar o leite de magnésia nas áreas mais oleosas com algodão ou com borrifador.

Como não tive mais espinhas, não tenho como comentar em relação ao resultado do uso do leite de magnésia para tratamento de espinhas. Mas em vários sites, vi que o leite de magnésia tem um ótimo efeito nas espinhas já inflamadas (visto que ele retira a oleosidade e é antisséptico) e ajuda no clareamento de manchas. 

 Já aviso que ele realmente tira a oleosidade da pele. Então não é recomendável para quem tem pele seca. Eu mesma uso apenas na área do T, que é a região oleosa do meu rosto e estou tendo ótimos resultados. Se a pele não é muito oleosa, pode-se diluir o leite de magnésia em água para diminuir o efeito de ressecamento.

24.11.15

Retirando cravos com gelatina

Ninguém gosta daqueles cravinhos nojentinhos que insistem em aparecer em cima do nariz e no meio da testa.

E existe uma forma muito simples e barata de eliminar os cravinhos e dar um up na pele do rosto.

Ingredientes
01 colher de sopa de gelatina incolor
01 colher de sopa de mel


Preparo
Em um potinho de vidro (ou de plástico que possa ir ao micro-ondas) misture bem a gelatina com o leite. Leve a mistura ao micro-ondas e esquente por 10 segundos. Retire e mexa mais um pouco. Se a gelatina não dissolver por completo, coloque mais 5 segundos e mexa novamente.

Deixe esfriar um pouco e com o auxílio de um pincel aplique sobre a área afetada e deixe secar (cerca de 10 a 15 minutos). Retire a máscara puxando pelas bordinhas e lave o rosto com sabonete suave e água morna para remover os resíduos.


Se tiver muitos cravos ou se eles forem um problema frequente, faça esse procedimento em dias alternados até remover todos os cravos completamente.

5.11.15

Esfoliante de açúcar e azeite

Essencial na manutenção da saúde e beleza da pele, a esfoliação pode ser feita com ingredientes que estão disponíveis na cozinha de qualquer um.

Os esfoliantes industriais normalmente possuem as tais micro esferas, que nada mais são que bolinhas minúsculas de plástico que estão no seu produto com o fim de gerar atrito com sua pele e fazer a esfoliação mas, depois que você lava o rosto, vão para a rede de esgoto e seguem para os rios e mares, sendo consumidas por peixes e outros animais. Não gosto muito da ideia de comer um atum com microesferas. Então, prefiro fazer a esfoliação com produtos biodegradáveis, evitando a produção e lixo tanto em relação às embalagens, quanto com relação à produção e descarte após o uso.


Pois bem, vamos aos procedimentos:
Antes de começar a esfoliação, lave bem a área, preferencialmente com água morna.
Pode-se aplicar o azeite em toda a área e espalhar o açúcar sobre a região. Depois, massagear por 3 a 5 minutinhos em movimentos circulares suaves e finalizar lavando com água morna e secando suavemente com uma toalha.
Ou pode-se misturar o açúcar com o azeite formando uma pasta e aplicar essa pasta sobre a região a ser esfoliada, fazendo movimentos circulares suaves e finalizar lavando com água morna e secando suavemente.

O açúcar tem o efeito esfoliante e o azeite hidrata e nutre a pele, que fica super-hiper-mega macia!!!

23.10.15

Depilação com clara de ovo

Meu amado aparelho depilatório da Panasonic deu seus últimos sinais de vida no final do ano passado. Ele resistiu bravamente durante cerca de nove anos e agora resolveu aposentar-se. Queria comprar um novo depilador da mesma marca e modelo, mas não encontrei. Comprei um Phillips Satin Perfect  que, só agora estou conseguindo usar (depois de trocar de aparelho quatro vezes e aguardar mais de um mês entre uma troca e outra na autorizada).

Nesse limbo entre um aparelho e outro, tive que me depilar de alguma forma e, como está tudo caro (R$ 20,00 numa caixinha com 12 folhas prontas é um roubo, nem falo no preço da depilação no salão), resolvi voltar a pesquisar métodos caseiros para depilação.

Nunca tive muita habilidade para usar a tradicional cera quente feita com açúcar e limão ou vinagre (difícil de acertar o ponto, esfria muito rápido na hora de usar, muito estressante).

Achei algumas postagens sobre depilação com clara de ovo, mas nenhuma explicava direito como se usava: apenas mostrava o preparo e dizia para remover a clara depois de secar na pele. Mas remover como?

Bem vamos aos procedimentos:

Ingredientes
1 clara de ovo
1 colher de amido de milho
1 colher de açúcar

Tiras de pano para puxar

Preparo
Misture até dissolver o amido e o açúcar na clara.

Aplique no sentido de crescimento dos pelos com as mãos ou com o auxílio de um pincel.

Espere secar. Quando eu digo espere secar, eu quero dizer e-s-p-e-r-e      s-e-c-a-r   porque DEMORA muuuuito!! Pelo menos 45 minutos. Você vai começar a  sentir a pele meio puxando.

Depois de todo esse tempo, que você aproveitou para por a leitura em dia e pensar na vida, pegue as tiras de pano. Pressione o tecido contra a pele, passando a mão no sentido do crescimento dos pelos  e puxe o pano no sentido contrário ao crescimento dos pelos (como você faria com  uma cera normal). Você vai ver muitos pelinhos no pano e o pano vai ficar um pouco grudento. Você pode reaplicar esse pano na mesma área para tirar algum pelo que não tenha saído na primeira puxada.

Os panos podem ser lavados e utilizados novamente numa próxima depilação.

A vantagem dessa depilação é que não tem risco de se queimar e não tem erro no preparo. A desvantagem é a demora do procedimento.

17.10.15

Pintar os cabelos com café - tintura creme de café

Há mais de 12 anos pinto o meu cabelo para esconder os cabelos brancos.
Apesar de ainda não ter passado muito dos 30 anos, minha cabeleira já apresenta uma quantidade considerável de cabelos brancos que, conforme eu pensava, devem ser escondidos debaixo de uma boa camada de tinta.

Eu pensava assim até o ano passado, quando meu cabelo começou a cair consideravelmente (era meio assustador olhar as minhas mão cheias de cabelo quando os desembaraçava durante o banho). Em uma foto com os colegas de trabalho dava para ver uma boa parte do meu couro cabeludo onde eu repartia o cabelo. Aquela foto me assustou de verdade. Comecei a pintar com menos frequência e notei uma leve melhora, mas, assim que eu passava a tintura de novo, a queda voltava visivelmente.

Dei um basta nisso e estou sem pintar os cabelos desde fevereiro deste ano. Prometi a mim mesma que só voltaria a pintar se encontrasse uma tintura cujos ingredientes fossem todos naturais. Procurei a hena, mas não encontrei na minha cidade (encontrei apenas a tintura em creme de hena, que nada mais é que a tintura normal com um pouco de hena). Então fiquei sem pintar o cabelo por um tempo. Mais de seis meses sem tintura fizeram um milagre nos meus cabelos: estão mais macios e a queda reduziu drasticamente.

Mas eu gostaria de escurecer a grande mecha branca que fica atrás da minha cabeça. Já tinha ouvido falar de pintar os cabelos com café, mas não sabia como fazia. Procurei e encontrei vários sites que diziam que deve-se preparar um café forte como se fosse beber e, quando esfriar, aplicar no cabelo, deixar por cerca de 40 minutos e depois enxaguar.

Mas como sou muito desajeitada, não deu certo comigo. Fiz várias vezes, mas o resultado focava aquém do trabalho que dava para fazer o procedimento. Sujava as paredes em volta e o café não parava de escorrer da minha cabeça. Tinha que ficar dentro do box do banheiro para não sujar tudo de café. Também demorou para dar resultado e, se não pintasse toda semana os fios pareciam voltar à brancura inicial. Talvez por não conseguir manter o café na cabeça pelo tempo recomendado (ele escorria todo).

Em alguns sites recomendava misturar o café com creme para cabelo para ter um pouco de cremosidade. Nem tentei essa técnica, ela me deu uma ideia melhor: engrossar o café.

Seguem os ingredientes:
3 colheres de pó de café
300 ml de água quente
2 colheres de amido de milho
1/2 folha de gelatina sem sabor
100 ml de água fria para diluir o amido

Preparo
Prepare um café bem forte (3 colheres para 300ml de água). Despeje o café preparado em uma panelinha e leve ao fogo baixo. Dissolva a gelatina no café quente. Dissolva o amido de milho na água fria e despeje o amido dissolvido na panela junto com o café e a gelatina. Mexa até notar que o café engrossou (quando esfriar, ele engrossa mais um pouquinho).
Depois de esfriar, aplique nos cabelos secos como se fosse uma tintura em creme normal. Deixe descansar por pelo menos 45 minutos e depois enxágue.

A vantagem deste creme é que ele não escorre e deixa o café mais tempo em contato com os cabelos.

Depois de duas aplicações os meus fios brancos agora estão com uma cor castanha, parecendo que eu fiz luzes. Sem contar o brilho que o café confere aos cabelos.




12.4.15

Café para escurecer os cabelos

No fim do ano passado, meu cabelo estava bastante quebradiço e seco. Pouco antes das festas de fim de ano foi a última vez que tingi meu cabelo com tintura convencional.

No segundo mês sem tintura já dava para sentir a diferença na textura do meu cabelo: um pouco mais macio e menos quebradiço. O problema é que os fios brancos estavam já dominando o topo da minha cabeça e eu não gostei nada disso.

Comecei então a  procurar soluções para disfarçar os brancos sem prejudicar os fios.

Achei alguns sites falando em tingir o cabelo com café e resolvi experimentar.
Achei também procedimentos para tingir o cabelo com chá se sálvia, chá preto ou cacau. Uso o que tenho em casa e por isso fiquei com o café.

O procedimento é bem simples: fazer um café forte e passar no cabelo. Deixar descansar por um tempo e enxaguar.

Tem alguns vídeos no youtube mostrando como fazer, mas não tem segredo. Alguns instruem a passar como se passa a tintura comum (com pincel ou aplicador) ou banhando os cabelos várias vezes com o auxílio de uma xícara.

Na primeira vez que fiz fiquei decepcionada: o cabelo até ficou mais brilhoso, mas os fios brancos continuaram todos lá bem visíveis.

Apenas a partir da terceira vez é que comecei a notar que os fios brancos estavam sendo cobertos. Estou fazendo o procedimento uma vez por semana e estou gostando do resultado :)